Substantivos

SUBSTANTIVO

 
Colômbia, bola, medo, trovão, paixão, etc. Essas palavras estão dando nome a lugar, objeto, sensação física, fenômenos da natureza, emoções, enfim as coisas em geral. Esses nomes são chamados SUBSTANTIVOS.
 
Assim, podemos dizer que substantivo é a palavra que dá nome aos seres. Eles podem ser classificados da seguinte forma:
 
Concreto;
Abstrato;
Comuns;
Próprios.
 

CLASSIFICAÇÃO DO SUBSTANTIVO

 

CONCRETO

 
É aquele que indica a existência de seres reais ou imaginários.
 
Exemplos:
 
Reais    imaginários
Brasil     bruxa
Recife    curupira
 

ABSTRATO

 
É aquele que indica sentimentos, qualidades, ações, estados e sensações.
 
Exemplo:
 
Sentimento: amor, ódio, paixão;
Qualidade: honestidade, fidelidade, perfeccionismo;
Ações: trabalho, doação;
Estado: vida, solidão, morte;
Sensação: calor, frio.
 

COMUNS

 
É aquele que indica elementos de uma mesma espécie.
 
Exemplo:
 
Criança, cidade, livro.
 

PRÓPRIO

 
É aquele que indica um ser em particular.
 
Exemplo:
 
Roberto, Pernambuco, Capibaribe, Brasil.
 
Os nomes próprios são utilizados principalmente em:
 
Rios: Capibaribe, Amazonas;
Cidades: Recife, Porto Alegre;
Estados: Pernambuco, Rio Grande do Sul;
Países: Brasil, Austrália;
Pessoas: Rubem, Antônio;
Empresas: Intel, Oracle.
 
Observação: o substantivo coletivo é um substantivo comum que, mesmo no singular indica um agrupamento, multiplicidade de seres de uma mesma espécie.
 
Constelação » estrelas;
Cáfila » camelos.
 
Vejamos alguns substantivos coletivos:
 
Alcatéia » lobos;
Arquipélago » ilhas;
Banca » examinadores, advogados;
Boiada » bois;
Cacho » bananas, uvas;
Década » período de dez anos;
Discoteca » discos;
Enxame » abelha, insetos;
Esquadrilha » aviões;
Fauna » animais de uma região;
Frota » carros, ônibus;
Lustro » período de cinco anos;
Manada » bois, porcos;
Pinacoteca » quadros;
Quadrilha » ladrões;
Rebanho » gado, ovelhas;
Resma » quinhentas folhas de papel;
Século » período de cem anos;
Triênio » período de três anos;
Vocabulário » palavras.
 

FORMAÇÃO DO SUBSTANTIVO

 
Quanto à formação o substantivo pode ser:
 
Primitivo;
Derivado;
Simples;
Composto.
 

PRIMITIVO

 
Dá origem a outras palavras.
 
Exemplo:
 
Pedra, ferro, vidro.
 

DERIVADO

 
É originado através de outra palavra.
 
Exemplo:
 
Pedreira, ferreiro, vidraçaria.

SIMPLES

 
Apresenta apenas um radical na sua formação.
 
Exemplo:
 
Vidro, pedra.
 

COMPOSTO

 
Apresenta dois ou mais radicais na sua formação.
 
Exemplo:
 
Pernilongo, couve-flor.
 

FLEXÃO DO SUBSTANTIVO

 
Por ser uma palavra variável o substantivo sofre flexões para indicar:
 
Gênero: masculino ou feminino;
Número: singular ou plural;
Grau: aumentativo ou diminutivo.
 

GÊNERO DO SUBSTANTIVO

 
Na língua portuguesa há dois gêneros: masculino e feminino. Será masculino o substantivo que admitir o artigo o e feminino aquele que admitir o artigo a.
 
Exemplo:
 
O avião o calçado o leão
A menina a camisa a cadeira
 

SUBSTANTIVO BIFORME

 
Na indicação de nomes de seres vivos o gênero da palavra está ligado, geralmente, ao sexo do ser, havendo, portanto, uma forma para o masculino e outra para o feminino.
 
Exemplo:
 
Garoto – substantivo masculino indicando pessoa do sexo masculino;
Garota – substantivo feminino indicando pessoa do sexo feminino.
 

FORMAÇÃO DO FEMININO

 
O feminino pode ser formado das seguintes formas:
 
- trocando a terminação o por a:
 
exemplo:
 
moço moça
menino menina
 
- trocando a terminação e por a:
 
exemplo:
 
gigante giganta
mestre mestra
 
- acrescentando a letra a:
 
exemplo:
 
português portuguesa
cantor cantora
 
- mudando-se ao final para ã, ao, ona:
 
exemplo:
 
catalão catalã
valentão valentona
leão leoa
 
- com esa, essa, isa, ina, triz:
 
exemplo:
 
conde condessa
príncipe princesa
poeta poetisa
czar czarina
ator atriz
 
por palavras diferentes:
 
exemplo:
 
cavaleiro amazona
padre madre
homem mulher
 

SUBSTANTIVOS UNIFORMES

 
Há substantivos que possuem uma só forma para indicar tanto o masculino quanto o feminino. Podemos classificá-los em:
 
EPICENOS
SOBRECOMUNS
COMUNS DE DOIS GÊNEROS
 

EPICENOS

 
São substantivos que designam alguns animais e têm um só gênero. Para indicar o sexo são utilizadas as palavras macho ou fêmea.
 
Exemplo:
 
Cobra macho cobra fêmea
Peixe macho peixe fêmea
Jacaré macho jacaré fêmea
 

SOBRECOMUNS

 
São substantivos que designam pessoas e tem um só gênero tanto para o masculino como para o feminino.
 
Exemplo:
 
A criança – masculino ou feminino
O indivíduo – masculino ou feminino
A vítima – masculino ou feminino
 

COMUNS DE DOIS GÊNEROS

 
São substantivos que apresentam uma só forma para o masculino e para o feminino. A distinção se dá através do artigo, adjetivo ou pronome.
 
Exemplo:
 
O motorista a motorista
Meu colega minha colega
Bom estudante boa estudante
 

CONCLUSÃO

 
Nessa primeira parte vimos à definição de substantivo – palavra que dá nome aos seres – sua classificação, formação e flexão.
 
Os substantivos são classificados como: concreto – indica a existência de seres reais ou imaginários -, abstratos – indica sentimentos, qualidades, ações, estados e sensações -, comuns – indica elementos de mesma espécie – e próprios – indicam um ser em particular e são utilizados para nomear rios, cidades, estados, países, pessoas e empresas -. Quanto a sua formação o substantivo pode ser primitivo – dá origem a outras palavras – e derivado – é originado através de outras palavras.
Quanto a sua flexão ele indica o gênero – masculino ou feminino -, número – singular ou plural – e grau – aumentativo ou diminutivo.
 
Primeiramente vimos, apenas, a flexão do substantivo quanto ao gênero, onde o substantivo será masculino se admitir o artigo o e será feminino se admitir o artigo a.

Os substantivos biformes ligam o gênero da palavra ao sexo do ser, havendo, portanto, uma forma para o masculino e outra para o feminino. Já os substantivos uniformes possuem uma só forma tanto para o masculino como para o feminino, podendo ser classificados em epicenos – indicam o sexo através da utilização das palavras macho ou fêmea –, sobrecomuns – têm uma só forma tanto para o masculino como para o feminino – e o comum de dois gêneros – a distinção do substantivo se dá através do artigo, adjetivo ou pronome. Também apresentam uma só forma para o masculino e para o feminino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário